PDF Imprimir E-mail


Eliane Fioravante Garcez é Bacharel em Biblioteconomia, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), é especialista em Gestão da Informação pela mesma universidade e em Gestão de Bibliotecas pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Ingressou na Rede Municipal de Educação de Florianópolis - SC, através do primeiro concurso promovido para a contratação de bibliotecários, onde permaneceu de 1998 a 2002. Coordenou o Grupo de Bibliotecários da Área Escolar de Santa Catarina (GBAE/SC) no período de 2002 a 2004. No GBAE/SC participou da organização de diversos eventos, com o objetivo de disseminar conceitos e práticas ligadas à biblioteca escolar.

Essa caminhada a conduziu ao Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PGCIN/UFSC), onde obteve, em 2009, o título de mestre em Ciência da Informação com a dissertação “Pesquisa escolar na educação Básica: discurso de bibliotecários catarinenses” - http://www.tede.ufsc.br/teses/PCIN0049-D.pdf. Bibliotecária no Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires (CFNP), em Florianópolis – SC, Eliane considera a biblioteca como um local de importância vital no processo de ensino/aprendizagem, pois além de disponibilizar fontes de pesquisa, oferece à comunidade escolar oportunidade de ter contato com diferentes formatos, conteúdos e abordagens, aprendendo a reconhecê-las, manuseá-las; explorá-las.

O projeto Orientação à Pesquisa Escolar aos alunos de 5ª série, cuja experiência encontra-se publicada em:  http://www.acbsc.org.br/revista/ojs/viewarticle.php?id=170&layout=abstract. revela a forma como essa profissional concebe a atuação bibliotecária na escola e o sentido da biblioteca nesse meio educativo. Ela acredita que esse tipo de ação acontece quando o bibliotecário acredita e busca meios alternativos para uma prática profissional com nuances pedagógica.

Eliane Fioravante Garcez

Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
(Maio 2007)